Quem participa?

 

O PIRLS estabeleceu uma definição de literacia de leitura baseando-se numa transição crucial no desenvolvimento das crianças enquanto leitores e que acontece habitualmente no final do 4.º ano de escolaridade: este é o momento em que as crianças já aprenderam a ler e passam a ler para aprender.

Em cada ciclo do PIRLS, são selecionados alunos do 4.º ano de escolaridade, através de um processo de amostragem em duas fases: na primeira fase, é constituída uma amostra aleatória estratificada de escolas; na segunda fase, são selecionadas aleatoriamente turmas de alunos dessas escolas. A amostra assim constituída é representativa da população-alvo do país.

Na primeira participação de Portugal (PIRLS 2011) estiveram envolvidas cerca de 150 escolas e, aproximadamente, 4000 alunos do 4.º ano de escolaridade. No estudo principal de 2016, estiveram envolvidas 220 escolas, 326 turmas de 4.º ano e 5324 alunos.

Em 2016, participaram no PIRLS 55 países/sistemas educativos e no ePIRLS 16 países/sistemas educativos.